O que fazer se uma mãe gata não amamentar seus gatinhos

Seu gato passou pela gravidez e deu à luz seus filhotes. Agora chegou a hora de ela cuidar de seus filhotes, mas por algum motivo, ela não vai cuidar deles. Talvez ela tenha rejeitado completamente um ou mais filhotes ou você não tenha certeza de que ela está amamentando adequadamente. O que um proprietário de gato preocupado deve fazer?

Na maioria dos casos, as gatas mãe dão à luz gatinhos e cuidam deles com pouca ou nenhuma intervenção humana. No entanto, há momentos em que a natureza não assume o controle. É quando os humanos precisam intervir e oferecer assistência.

Por que uma mãe gato não amamenta seus gatinhos

Existem vários cenários possíveis para uma mãe gata se recusar a amamentar seus filhotes. Em alguns casos, a mãe-gato começa a amamentar e depois para. Ou, a mãe gata pode nunca começar a amamentar em primeiro lugar. A gata mãe pode rejeitar alguns ou todos os gatinhos. Ela não apenas se recusará a cuidar dos gatinhos; ela pode ignorá-los completamente ou agir agressivamente quando abordada por um gatinho.

Se algo assim acontecer, seu primeiro passo deve ser levar a mãe e os filhotes ao veterinário o mais rápido possível. Se você puder descobrir o motivo pelo qual uma mãe gata não alimenta seus filhotes, poderá ter uma chance maior de fazê-la começar a cuidar deles. Ou talvez você precise intervir e cuidar dos gatinhos. De qualquer maneira, seu veterinário pode ajudar. Lembre-se: Ao ir ao veterinário, certifique-se de levar a mãe e todos os filhotes, independentemente de quais parecem ou não doentes.

Doença na mãe Gato

Se a mãe gata estiver enfrentando um problema de saúde, ela pode não ser capaz ou não querer amamentar seus filhotes. Em alguns casos, ela não produz leite suficiente para seus filhotes. Ou, um problema como a mastite pode estar afetando sua capacidade de amamentar confortavelmente. Desidratação e desnutrição também afetarão o suprimento de leite. Quaisquer problemas de saúde que causem mal-estar ao seu gato podem fazê-lo não querer cuidar de seus filhotes. Mesmo que a mãe gata pareça saudável, é melhor levá-la ao veterinário imediatamente se ela não amamentar.

Gatinhos doentes ou deformados

A mãe gata pode detectar ou suspeitar de um problema de saúde em um ou mais filhotes e se recusar a cuidar desse indivíduo. Ela pode colocar o gatinho doente fora do ninho, numa tentativa instintiva de proteger os outros gatinhos. O problema pode ser uma incapacidade congênita óbvia ou uma doença grave ou algo mais sutil. No entanto, isso pode acontecer mesmo se não houver nada de errado com o gatinho rejeitado. Não tente colocar um gatinho rejeitado de volta no ninho. É improvável que tenha sucesso e pode estressar a mãe, possivelmente levando-a a rejeitar mais filhotes, talvez até a ninhada inteira. Em vez disso, alimente a mamadeira e mantenha o gatinho rejeitado quente, enquanto toma providências para levar a mãe e todos os gatinhos ao veterinário o mais rápido possível.



Grande ninhada de gatinhos

Algumas ninhadas podem ser tão grandes que a mãe não tem tetas suficientes para alimentar todos os filhotes. Ela também pode não produzir leite suficiente para alimentar todos. A mãe pode favorecer os mais fortes e rejeitar os menores e mais fracos. Mais uma vez, não coloque gatinhos rejeitados de volta no ninho. Mãe e gatinhos devem consultar o veterinário o mais rápido possível. Gatinhos rejeitados devem ser alimentados com mamadeira e, entretanto, aquecidos.

Mãe imatura Gato

Gatos muito jovens geralmente não têm maturidade para serem boas mães. Eles também podem não ter reservas de energia para produzir leite, uma vez que ainda estão crescendo. Uma gata pode engravidar a partir dos quatro meses de idade. Na maioria dos casos, isso é muito jovem para ela e seus filhotes prosperarem. Se você tem um jovem gato que rejeitou alguns ou todos os filhotes, precisará intervir e ajudar. Leve-os ao veterinário para serem examinados e converse com ele sobre como você pode ajudar melhor a mãe e os filhotes.

Por fim, alguns gatos não são apenas de natureza maternal e não são boas mães. Se esse for o caso do seu gato, ele não deve ser criado no futuro, pois essa característica pode ser transmitida à sua prole.

Como engarrafar gatinhos

Se a mãe gata não alimentar os filhotes recém-nascidos, é importante levar a mãe e os filhotes a um veterinário o mais rápido possível. Enquanto isso, você deve encontrar uma maneira de alimentar os gatinhos, pois eles precisam comer a cada poucas horas com a frequência exata, dependendo da idade. Isso geralmente é feito pela fórmula de gatinho que dá mamadeira. Também é essencial prestar cuidados maternos a gatinhos recém-nascidos. Mantenha-os aquecidos e ajude-os a urinar e defecar.

O tipo mais comum de fórmula disponível para gatinhos é chamado KMR, que significa 'substituto do leite para gatinhos'. O KMR vem em latas ou caixas e está disponível para compra na maioria das lojas de artigos para animais e em sites que vendem artigos para animais. Existem outras marcas de fórmula para gatinhos disponíveis também. Evite o leite de vaca ou a fórmula humana para bebês, pois eles não são nutricionalmente adequados para gatinhos e podem levar a problemas de saúde e até a morte se alimentados por um período prolongado de tempo.

Você pode usar uma mamadeira pequena para administrar a fórmula aos gatinhos. No entanto, muitas pessoas acham que um conta-gotas funciona melhor no início. Gatinhos recém-nascidos precisarão ser alimentados com mamadeira uma vez a cada duas horas. Aqueça a fórmula delicadamente e alimente cerca de 1 colher de chá (5 mL) para cada gatinho. Esse valor é para gatinhos que nasceram recentemente. Pergunte ao seu veterinário sobre as quantidades adequadas para alimentar à medida que os gatinhos crescem.

Se o seu gato espera gatinhos, é uma boa ideia ter alguma fórmula para o gatinho, caso a mãe tenha problemas para amamentar. Se você não precisar da fórmula, poderá usá-la mais tarde. Adicionar fórmula de gatinho à comida úmida pode ajudar quando os gatinhos começam a fazer a transição para alimentos sólidos. Ou você pode doar a fórmula do gatinho para um abrigo de gatos ou um grupo de resgate.

Depois de consultar o seu veterinário e resolver qualquer problema, tente fazer com que a mãe gata volte a mamar (apenas se recomendado pelo seu veterinário). Se a mãe gata ainda não puder ou não irá alimentar seus filhotes, será necessária uma mamadeira contínua. Os gatinhos devem ser alimentados com mamadeira por pelo menos as primeiras quatro semanas de suas vidas. Você pode começar a introduzir comida para gatinhos por volta das três semanas de idade e, quando o gatinho estiver comendo sozinho, comece gradualmente a reduzir a quantidade de leite que você oferece.

Lembre-se de que seu veterinário é a melhor fonte de informação quando se trata de cuidados com gatinhos. Peça ao seu veterinário informações sobre a quantidade e a frequência das refeições, como ajudar os gatinhos a urinar e defecar e como mantê-los limpos e quentes.

When Does the Milk Supply Run Out? If you suspect your pet is sick, call your vet immediately. For health-related questions, always consult your veterinarian, as they have examined your pet, know the pet's health history, and can make the best recommendations for your pet.