O óleo CBD é bom para gatos?

O CBD cresceu em popularidade para uso em humanos, cães e até gatos, mas ainda há muitas questões em torno de seu uso. Os proprietários de animais de estimação precisam saber para que pode ser útil, se é legal ou não, e a diferença entre cânhamo, CBD, Cannabis, maconha e THC. Saber se um produto é seguro, eficaz e legal para um gato de estimação é de extrema importância para evitar ferir o animal ou violar a lei.

O óleo CBD é seguro para gatos?

Infelizmente, poucas pesquisas foram feitas sobre os efeitos do CBD em gatos. Com base em relatos anedóticos e em estudos limitados, o CBD parece ser seguro para gatos, mas sua eficácia no tratamento de qualquer condição ainda não foi comprovada. Até que mais pesquisas sejam feitas mostrando que o CBD é de fato seguro e eficaz, é prudente usá-lo sob supervisão veterinária.

O que é óleo de CBD?

CBD é na verdade uma abreviação de canabidiol, e canabidiol é um fitocanabinóide, ou tipo específico de molécula, produzido e extraído de Cannabis plantas. Quando extraído, o CBD pode ser incluído em um óleo que pode ser administrado por via oral a gatos. Geralmente contém óleo de coco, cânhamo, azeitona, abacate ou palma que atua como um óleo transportador, semelhante a quantos óleos essenciais são feitos.

Qual é a diferença entre CBD e óleo de cânhamo?

O CBD e o óleo de cânhamo são frequentemente confundidos um com o outro porque ambos são provenientes de Cannabis plantas. O óleo de cânhamo pode ou não conter quantidades significativas de CBD, mas é sempre extraído de uma cepa específica de Cannabis sativa chamado cânhamo que contém menos de 0,3% de THC, o fitocanabinóide responsável pela alta da maconha. O CBD, por outro lado, pode ser extraído da maconha ou do cânhamo, embora o CBD derivado do cânhamo seja muito mais comum.

O óleo CBD contém THC?

THC é a abreviação de delta-9-tetrahidrocanabinol e é o componente psicoativo da maconha. As plantas de maconha contêm quantidades significativas de THC; plantas de cânhamo não. Muitas pessoas que desejam usar óleo de CBD procuram especificamente por óleos sem THC ou com baixo teor de THC, e é por isso que geralmente compram CBD derivado do cânhamo. Qualquer produto que contenha níveis significativos de THC (acima de 0,3%) não deve ser administrado a gatos e pode representar preocupações de segurança.

O CBD é encontrado na maconha?

O CBD pode ser derivado de plantas de maconha, mas a maioria dos produtores está mais preocupada com o conteúdo de THC. A maconha nunca deve ser administrada a gatos, independentemente da quantidade de CBD nela. O CBD derivado do cânhamo é legal e mais seguro para os gatos do que o CBD derivado da maconha.



Por que o óleo CBD é popular para gatos?

Os donos de gatos desejam oferecer aos seus animais de estimação opções de tratamento seguras e eficazes, e alguns medicamentos podem ter efeitos colaterais negativos ou não funcionar o suficiente para ajudar nos problemas específicos de seus gatos. O anedótico, a mídia e o sucesso científico precoce do óleo CBD em pessoas e cães fizeram com que ele crescesse em popularidade para uso em gatos também. Alguns proprietários relatam grandes sucessos no tratamento de uma variedade de doenças em seus cães que estavam tomando óleo CBD depois de serem incapazes de alcançá-lo usando outros produtos. No entanto, é importante lembrar que gatos e cães processam medicamentos e suplementos de maneira muito diferente, e a segurança e eficácia do CBD ainda estão sendo pesquisadas em gatos.

Riscos e preocupações no uso de óleo CBD em gatos

Como realmente não há nenhuma pesquisa que tenha sido realizada apoiando o uso seguro de CBD em gatos, ainda há muita coisa desconhecida. Se há ou não efeitos colaterais, especialmente com o uso a longo prazo, a eficácia do uso no suporte a uma variedade de sistemas corporais, contra-indicações com medicamentos e quantidades de administração para usos específicos em gatos ainda precisam ser estudadas.

Além da falta de pesquisa, outra preocupação com o óleo CBD é encontrar uma fonte consistente e pura. Quase não há regulamentação sobre a fabricação de CBD, portanto, produtos amplamente disponíveis podem conter pouco ou nenhum ingrediente ativo e / ou ser contaminados com substâncias potencialmente perigosas. Os consumidores devem conversar com seu veterinário e procurar uma empresa com rigorosa medida de controle de qualidade para garantir que os produtos atendam às exigências do rótulo antes de administrar CBD aos seus gatos.