Quanto tempo os pássaros de estimação vivem

Se você acabou de adotar um filhote de passarinho, geralmente pode esperar passar muitos anos felizes com seu novo animal de estimação. Porém, exatamente quantos dependem de uma variedade de fatores, alguns dos quais estão fora do controle do proprietário de um pássaro.

Espécies

O primeiro fator a determinar a vida útil do seu pássaro é sua espécie. Embora seja verdade que os pássaros possam viver por muito tempo, alguns vivem mais que outros. Aves como periquitos e calopsitas, por exemplo, podem viver por até 20 anos em cativeiro, desde que suas necessidades sejam atendidas e bem cuidadas. Isso significa que eles terão uma vida útil consideravelmente mais curta em geral do que outros tipos de papagaios maiores, como as araras, que podem viver quase 100 anos em cativeiro em condições ideais. Isso se baseia na composição biológica do pássaro e nada mais; fatores ambientais não são considerados ao determinar as possíveis vidas úteis dessas espécies.

Fatores ambientais

Obviamente, fatores ambientais sempre entram em jogo quando se considera a vida útil de cada ave. Para garantir que o seu pássaro tenha as melhores chances possíveis de viver uma vida plena e feliz, você deve fazer o possível para controlar os riscos ambientais à saúde do seu animal de estimação. Usar as dicas a seguir pode ajudá-lo a garantir que seu pássaro aproveite ao máximo a vida, tanto em qualidade quanto em quantidade:

  • Pratique uma boa higiene: Assegurar-se de empregar práticas básicas de higiene reduzirá bastante o risco de infecção e doença bacteriana ou viral, resultando em uma chance maior de que seu pássaro possa viver toda a sua vida sob seus cuidados. Isso inclui lavar as mãos antes de manusear o animal, manter a gaiola limpa e restringir o contato com o pássaro quando estiver doente.
  • Dieta saudável: A nutrição é tão importante para a saúde de um pássaro de estimação quanto para uma pessoa. Fornecer ao seu pássaro uma dieta variada e cheia de alimentos saudáveis ​​e frescos garantirá que ele receba a ingestão adequada de vitaminas para apoiar o corpo e criar uma imunidade natural a doenças e enfermidades.
  • 'À prova de pássaros' sua casa: Tomar as devidas precauções de segurança pode ajudar bastante a garantir que seu pássaro possa viver toda a sua vida sob seus cuidados. Isso inclui a criação de espaços seguros para pássaros em sua casa, para que seu pássaro possa brincar e se exercitar sem o risco de entrar em substâncias ou situações que possam prejudicar seu animal de estimação, além de cuidar de coisas como aparar as asas para evitar fugas e outros tipos de acidentes que podem resultar em tragédia. Existem muitos perigos domésticos para pássaros de estimação que podem não parecer óbvios para um ser humano, portanto faça muitas pesquisas para garantir que você esteja fazendo tudo o que pode para proteger seu animal de estimação de acidentes e lesões.
  • Verificações veterinárias regulares: Se seu pássaro parecer saudável, pode ser tentador pular o check-up anual com seu veterinário aviário, mas é muito importante que você leve seu pássaro para ser avaliado regularmente, mesmo que ele pareça bem. Os pássaros são muito bons em esconder doenças e ferimentos - na natureza, eles precisam. Qualquer sinal de fraqueza os tornará o alvo de um predador, de modo que a natureza fez com que eles evoluíssem para serem muito bons em mascarar as coisas quando não estão se sentindo bem. Um veterinário aviário treinado e qualificado é capaz de captar sinais sutis de que seu pássaro pode estar sofrendo de um problema de saúde que você pode perder, portanto, acompanhar as consultas com o veterinário é essencial para garantir que seu pássaro tenha uma vida longa e gratificante.