Diarréia em filhotes

A diarréia é um problema comum para os filhotes, portanto, conhecer os tratamentos para diarréia do cão é importante para os donos de animais. Casos leves podem ser tratados em casa, mas casos mais graves de diarréia podem ser mortais para os filhotes. Embora a diarréia não seja uma doença, é um sinal de doença causada por muitas condições diferentes.

Atenção

A diarréia pode apontar para condições que podem matar seu filhote. Não espere, a desidratação resultante pode tornar os filhotes ainda mais doentes. Existem certos sinais de diarréia que requerem um veterinário imediato, como resíduos parecendo pretos com consistência semelhante ao alcatrão, cheirando extremamente sujos, contendo grandes quantidades de sangue vermelho ou acompanhados de sintomas como vômitos, dor abdominal intensa, febre, perda de apetite ou letargia.

Por que os filhotes ficam com diarréia?

A diarréia pode ser associada a vírus como parvovírus e cinomose. Também pode ser causada por parasitas intestinais, como whipworms e hookworms, protozoários como giardia e bactérias como salmonelas e E. coli. Alguns tipos de parasitas intestinais podem exigir vários testes (mais de semanas) para obter um diagnóstico. Os filhotes também podem desenvolver diarréia a partir de uma súbita nova mudança ambiental, como mudanças bruscas na dieta, o estresse de chegar a uma nova casa, comer demais ou comer indiscriminadamente (como sair do lixo ou pegar itens de fora).

Vírus e infecções

O sistema imunológico dos filhotes não é totalmente desenvolvido quando é muito jovem e não completou o conjunto completo de vacinas. Isso significa que eles geralmente são mais suscetíveis do que os cães adultos a infecções bacterianas ou virais.

Atenção

Ambos os tipos de infecção devem ser tratados imediatamente, pois têm o potencial de serem fatais. As infecções bacterianas comuns incluem salmonela e E. coli, mas existem muitas outras bactérias que podem infectar seu animal de estimação.

Infecções virais como parvovírus e cinomose, bem como coronavírus, podem infectar um filhote não vacinado e causar diarréia, e todas são perigosas. Se o seu cachorro está sofrendo de uma infecção, há uma boa chance de você ver sintomas adicionais, como febre, letargia e / ou falta de apetite.



Parasitas

Os filhotes podem adquirir alguns parasitas intestinais, como lombrigas e giardia, de suas mães logo após o nascimento. Eles também podem buscá-los no chão ou na água infectada enquanto estão fora. Os parasitas intestinais mais comuns podem ser tratados com os medicamentos certos do seu veterinário, mas alguns, se não forem tratados, podem ser perigosos para a saúde a longo prazo do seu animal.

Dieta

O sistema digestivo dos filhotes ainda está em desenvolvimento, e alguns filhotes podem ter estômagos sensíveis ou dificuldades com determinadas marcas ou tipos de alimentos. A maioria também responderá mal a uma rápida mudança na dieta. Alguns têm alergias alimentares que podem levar à diarréia. Verifique com seu veterinário se a comida que você selecionou é uma boa opção para as necessidades do seu filhote; existem muitos tipos diferentes de alimentos disponíveis, e um certamente será o ideal para o seu animal de estimação.

Além de ter sistemas digestivos sensíveis, os filhotes também são curiosos e podem engolir ou ingerir quase tudo o que acharem interessante. Isso pode incluir barbante, lixo ou praticamente qualquer coisa que encontrarem no chão. Em alguns casos, isso pode ser perigoso; certos objetos podem causar bloqueios intestinais, enquanto outros podem ser tóxicos.

Estresse

Se o seu cachorro acabou de ser separado da mãe e dos irmãos, é provável que esteja sentindo algum nível de estresse. O estresse pode ser exacerbado por fatores como outros animais domésticos, sons ou cheiros inesperados, novos alimentos e novos horários. Você pode ajudar seu filhote a superar o estresse, fornecendo um cronograma calmo e previsível, alimentação e exercícios regulares e muito carinho.

Tratamento

É sempre melhor fazer um exame veterinário primeiro, mas ele pode recomendar que as formas mais leves de diarréia sejam tratadas em casa. Por exemplo, se houver menos de três dias, seu filhote ainda se sente e age bem, e a diarréia tem uma aparência de pudim, o atendimento domiciliar geralmente é apropriado.

Até ver o veterinário, no entanto, retenha a comida (mas nunca a água) por 12 a 24 horas. Isso permite que o intestino descanse e dá à irritação a chance de curar. No entanto, não retenha os alimentos por mais de 24 horas sem orientação do seu veterinário.

Verifique se a água está sempre disponível para o seu filhote, pois é muito fácil desidratar-se rapidamente. Além disso, a diarréia aquosa repentina pode derramar grandes quantidades de líquidos e eletrólitos importantes para fora do corpo. Se seu animal de estimação estiver relutante em beber, ofereça cubos de gelo para lamber. Pedialyte ou Gatorade meio diluído em água também podem combater a desidratação.

Pepto-Bismol e Kaopectate também podem ajudar seu filhote. Use uma seringa sem agulha ou um peru para esguichar o medicamento na boca dele. Se apropriado para a situação do seu filhote, seu veterinário saberá a dosagem adequada.

Geralmente, leva alguns dias para que a barriga do seu filhote se acalme, por isso é sugerida uma dieta leve. Ofereça arroz branco liso cozido ou macarrão liso, macio e cozido em caldo de galinha sem sal. Para obter mais sabor, você pode misturar uma colher de sopa de queijo cottage com baixo teor de gordura ou iogurte natural. O iogurte contém bactérias benéficas que podem ajudar a reequilibrar as perturbações causadas pela diarréia no seu filhote. Você também pode tentar adicionar um pouco de sabor de abóbora, pois seu alto teor de fibras pode ajudar na constipação ou diarréia, permitindo que as fezes normalizem.

Prevenção

A melhor coisa que você pode fazer pelo seu filhote é garantir que haja bastante comida e exercícios saudáveis ​​e equilibrados, diariamente. Novas dietas devem ser transferidas lentamente quando os filhotes são jovens. É possível que seu filhote esteja entrando em alguns alimentos estragados através da lata de lixo, mantendo-os fora do alcance e sendo rigoroso quanto a não alimentar seu filhote com restos de comida humana é fundamental. Você também vai querer se manter atualizado sobre as vacinas do seu filhote e verificar se há parasitas remanescentes.

Quando se trata do ambiente do seu filhote, verifique se ele é livre de estresse. Se o seu cachorro estiver em um canil com outros animais de estimação, você deve garantir que ele esteja limpo e desinfetado. Os filhotes são sensíveis ao ambiente, portanto, é útil manter uma rotina regular de sono, comida, exercícios e caminhadas. Outra coisa que pode ajudar é fornecer algum treinamento semanal de obediência. Nas caminhadas, você deve ficar de olho em qualquer consumo de plantas ou poças, pois as fezes podem estar presentes, o que pode levar à diarréia. Quando não conseguir supervisionar seu filhote, você pode mantê-lo em um canil para evitar acidentes.

If you suspect your pet is sick, call your vet immediately. For health-related questions, always consult your veterinarian, as they have examined your pet, know the pet's health history, and can make the best recommendations for your pet.