Pennywort brasileiro para aquários

Hydrocotyle leucocephala, ou Pennywort brasileiro, origina-se de zonas úmidas e marchas no sul do México até o norte da Argentina. Nomeado após suas folhas em forma de centavo, está amplamente disponível em toda a indústria de aquários.

Descrição

As folhas redondas, do tamanho de dez centavos a meio dólar, que crescem alternadamente ao longo de um caule rasteiro, semelhante à videira, tornam a Pennywort brasileira um ótimo contraste em um aquário plantado. Em cada junta de folha, a planta envia pequenos brotos de raiz branca e, quando atinge a superfície da água, produz pequenas flores brancas.

Produtor rápido, o brasileiro Pennywort atinge rapidamente oito polegadas ou mais de altura. É uma das plantas de aquário mais fáceis de cultivar e é adequada para muitas configurações de aquário, de ambientes totalmente aquáticos a pântanos. O Pennywort brasileiro é muito semelhante a outra planta do pântano, a Cardamine lyrata (também conhecida como agrião japonês). O agrião japonês possui folhas menores, enquanto o Pennywort brasileiro cresce mais rapidamente e é menos exigente.

Crescimento e Propagação

A saudável Pennywort brasileira crescerá alguns centímetros a cada semana, principalmente quando fornecida com ampla iluminação e bastante nitrogênio na água. Quando os nutrientes e a iluminação são baixos, o crescimento será muito mais lento. Pode ser propagado facilmente, simplesmente retirando mudas de plantas robustas.

Posicionamento e usos

O Pennywort brasileiro é particularmente versátil, pois pode ser plantado no substrato ou como planta flutuante. Quando usado como planta flutuante, fornece um esconderijo perfeito para os filhotes, bem como um excelente meio para o crescimento de infusórios. Não é incomum que partes da planta que estão na superfície da água produzam pequenas flores brancas.

Também pode ser plantada no substrato, onde é uma ótima planta de caule médio ou de fundo. Se for pesado, pode ser arrastado por troncos ou outras superfícies. Quando usado como planta-tronco, parece particularmente atraente em cachos de meia dúzia de caules de diferentes alturas, colocados juntos. Independentemente de como é plantada, a Pennywort brasileira cresce em direção à superfície, as folhas inferiores caem à medida que a planta fica mais alta e sombreia as folhas inferiores.



O Pennywort brasileiro também pode ser usado como uma planta de pântano em paludários e floresce regularmente acima da água, desde que seja mantida umidade suficiente. Outro uso interessante desta planta é visto nos trópicos, onde tem sido usada como uma erva medicinal. A planta comestível também tem sido usada como tempero; as folhas supostamente têm um sabor apimentado.

que

O Pennywort brasileiro se dá bem em uma ampla gama de dureza e temperatura da água, bem como na maioria das situações de iluminação. O crescimento ideal ocorre em temperaturas mais quentes, bem como em níveis de iluminação mais altos. Quando as condições de iluminação são baixas, ele cresce muito mais lentamente.

Quando o ferro está baixo, as folhas ficam amarelas nas bordas. O crescimento geral será mais lento e o tamanho da folha menor quando os nutrientes estiverem ausentes. Água muito macia tende a retardar o crescimento, enquanto água mais dura promove crescimento exuberante. A Pennywort brasileira cresce melhor quando fornecida com água rica em nutrientes, dióxido de carbono e condições de alta iluminação. No entanto, continuará a crescer mesmo quando esses fatores forem escassos.