10 melhores cães de guarda

Você está procurando o cão certo para proteger você, sua família ou sua propriedade? Se você está pensando em adquirir um cão de guarda, há muitos cães por aí que estão prontos para o trabalho. É importante ser seletivo ao escolher o seu próximo cão. Encontre um cão que se tornará seu companheiro e protetor.

Muitos cães têm a capacidade natural de agir como cães de guarda. Um cão de guarda ideal é grande, destemido, atlético, alerta, leal e muito receptivo ao treinamento. Um cão de guarda não deve ser agressivo. É importante que o cão tenha um forte senso de lealdade a você e sua família, seja altamente alerta e atento, seja muito obediente e mostre alguns comportamentos de proteção instintivos (como latir para estranhos). Essas características podem ser desenvolvidas através de treinamento para tornar o cão um excelente cão de guarda.

Um cão de guarda eficaz é capaz de intimidar qualquer pessoa que infrinja sua propriedade ou ameace prejudicar você ou seus entes queridos. Idealmente, seu cão de guarda perseguirá as pessoas sem a necessidade de causar danos corporais ao agressor. No entanto, pode haver casos em que um cão de guarda ataca um invasor que representa uma grande ameaça. Ao treinar seu cão de guarda, é melhor obter ajuda de um treinador de cães profissional. Um cão de guarda deve aprender a obedecer a você, especialmente se você der uma sugestão para impedi-lo de atacar. Ele deve ter algum tipo de estrutura em relação à sua resposta a ameaças. Caso contrário, você poderá ter problemas se uma pessoa inocente se machucar. Talvez alguém acidentalmente entre em sua propriedade devido a algum tipo de erro ou mal-entendido e os ataques do seu cão. Você pode ser processado. Ou pior, as autoridades locais podem apreender o seu cão e processá-lo se considerarem o seu cão perigoso.

Os cães de guarda nem sempre precisam de treinamento especializado para serem protetores eficazes. No entanto, eles devem receber um treinamento completo de obediência para entenderem os comandos básicos e quaisquer outras dicas que você deseja ensiná-los. Qualquer treinamento para cães de guarda deve ser realizado para desenvolver os instintos naturais do cão e fornecer estrutura.

Você está pronto para começar a procurar o seu cão de guarda ideal? Qualquer raça de cachorro (ou mesmo um cão de raça misturada) pode se tornar um protetor eficaz se ele tiver as qualidades apropriadas. No entanto, existem certas raças de cães conhecidas por excelentes características de cães de guarda que vêm de anos de criação cuidadosa. As seguintes raças de cães são conhecidas por sua capacidade natural de proteger.

  • Akita

    O Akita é um dos cães mais leais que você pode encontrar. Esta raça de cães corajosa e alerta é naturalmente suspeita em relação a estranhos. Seu Akita sempre vigiará você e sua família o tempo todo. É um trabalho que o Akita leva a sério e, naturalmente, executará com pouco ou nenhum treinamento. O treinamento de obediência e o treinamento de cães de guarda simplesmente aprimoram as habilidades naturais do Akita. A socialização adequada ajudará a evitar impasses ou agressões desnecessárias.



  • Malinois belga

    Intenso e ativo, não é surpresa que o Malinois belga seja uma raça favorita das unidades policiais e militares do K9. O nível de energia dessa raça exigia que ele tivesse um trabalho sério a fazer o tempo todo. É essencial que o Malinois belga receba treinamento especializado para concentrar suas habilidades naturais. A socialização adequada também é muito importante para que seu cão fique à vontade em situações novas ou desconhecidas. Também é absolutamente essencial que esta raça faça bastante exercício todos os dias.

  • Bullmastiff

    O Bullmastiff leal e corajoso foi originalmente desenvolvido por guardiões do jogo para proteger seu jogo dos caçadores furtivos. O tamanho grande desta raça é intimidante para os invasores. No entanto, a raça é naturalmente carinhosa com sua família, fazendo deste um excelente companheiro. O Bullmastiff é um protetor natural que simplesmente precisa de treinamento para fornecer estrutura e reforçar seus instintos naturais de proteção.

  • Cane Corso

    O Cane Corso (pronuncia-se 'KAH-não KOR-so') é uma raça de cães italiana que foi historicamente usada como cão de guarda, cão de guerra e caçador. O tamanho grande, a construção pesada e a casca profunda do Cane Corso serão, por si só, bastante eficazes para afastar invasores. Como a raça possui um instinto natural de guarda, o treinamento se concentrará na obediência e aprimoramento das habilidades naturais.

    Continue para 5 de 10 abaixo.
  • Pastor alemão

    Semelhante ao Malinois belga, o cão pastor alemão é uma raça intensa e ativa. O GSD tem um profundo senso de lealdade para com sua família. O treinamento é muito importante para ajudar o GSD a se concentrar nas tarefas essenciais necessárias para proteger a propriedade, mas sua capacidade natural e seu desejo de proteger fornecerão uma excelente base para o treinamento. Socialize adequadamente seu GSD para evitar medo e nervosismo. Além disso, verifique se o seu GSD faz bastante exercício todos os dias.

  • Pinscher Doberman

    O Doberman, historicamente, teve uma má reputação como uma raça agressiva de cães, mas a verdade é bem diferente. Embora criado para proteger, o Dobie é afetuoso, dócil e até pateta às vezes em torno de sua família. A maioria nem sequer hesita em relação a estranhos, a menos que sintam perigo. A maioria dos Dobies faz um bom trabalho de proteção sem treinamento formal. No entanto, essas habilidades podem ser desenvolvidas com o programa de treinamento certo, ajudando seu Dobie a se tornar um excelente cão de guarda.

  • Komondor

    Conhecido por seus dreadlocks, o casaco branco do Komondor faz com que essa raça pareça um mophead. No entanto, não deixe sua aparência enganar você. O Komondor é um cão de trabalho grande, forte e corajoso que se originou na Hungria. Esta raça é carinhosa com sua família, mas é naturalmente reservada para estranhos. A raça tem um desejo natural de proteger que pode ser moldado por um treinamento cuidadoso. A socialização também é importante para ajudar a expor a raça a diferentes situações.

  • Rhodesian Ridgeback

    Embora historicamente seja um cão de caça, o Rhodesian Ridgeback tem uma intensa lealdade à sua família que o torna naturalmente inclinado a proteger. Esta é uma raça afetuosa e nobre que faz um companheiro maravilhoso. O treinamento básico de obediência é essencial para dar à estrutura do cão, mas o treinamento especializado em cães de guarda não é ideal, pois pode intensificar o instinto natural de proteção. É mais importante que a raça seja treinada para ouvi-lo quando você precisar. O exercício diário ajudará a manter seu Rhodesian feliz e saudável.

    Continue para 9 de 10 abaixo.
  • Rottweiler

    O Rottweiler é outra raça que às vezes tem a reputação de ser um cão agressivo. Na realidade, um Rott pode ser um grande amante pateta em um momento e um defensor intimidador no outro. Quando um Rottweiler confia em você, ele provavelmente será leal e afetuoso com você. No entanto, muitos rotts hesitam em relação a estranhos até que se prove que não há ameaça. Naturalmente teimoso às vezes, um Rott não terá problemas em dizer (ou mostrar) a você que ele não aprova suas ações. Este é um verdadeiro cão guardião que pode se tornar um excelente cão de guarda quando devidamente treinado. Esta raça precisa de socialização, estrutura e um trabalho a fazer.

  • Mastim tibetano

    O Mastiff tibetano pode ser apenas o cão de guarda definitivo. Ninguém está passando por esse cachorro grande, vigilante, poderoso e intimidador. Historicamente usada como cão guardião do Tibete, essa raça tem proteção nas veias. O Mastim tibetano é descontraído com a família, mas tende a desconfiar de estranhos e a exibir comportamento territorial se for ameaçado por um estranho. Embora não seja a raça mais carinhosa do mundo, este é um cão leal que protegerá você e sua família. Certifique-se de fornecer estrutura através do treinamento e socializar bem o seu Mastiff tibetano.